Esporte Nordeste

Agora

Menu

Bahia marca aos 53 do segundo tempo e avança na Copa do Brasil

A estreia de Roger Machado no comando do Bahia foi com sofrimento e com a mística que o torcedor tricolor está acostumado. O triunfo do Esquadrão sobre o CRB por 1x0, na noite desta terça-feira (9), na Fonte Nova, só saiu aos 53 minutos do segundo tempo, com um gol de Elton. O resultado foi o suficiente para o time baiano eliminar os alagoanos e se garantir na quarta fase da Copa do Brasil.

Além da vaga, o Bahia ainda embolsou uma cota de R$ 1,9 milhão pela classificação. O adversário na próxima fase será conhecido em sorteio.

Em seu primeiro jogo no comando tricolor, Roger Machado manteve a estrutura tática deixada por Enderson Moreira e o que se viu em campo foi um tricolor tropeçando nos velhos problemas. Apesar do amplo domínio, o Bahia não conseguiu criar muitas chances reais de gol.

Com apenas um minuto de jogo, Arthur Caíke recebeu passe em profundidade. Ele invadiu a área e chutou forte, mas a defesa desviou e mandou para escanteio. O Bahia voltou a levar perigo em dois chutes de Douglas Augusto e na cabeceada de Ernando, após cobrança de escanteio.

Aos 32 minutos, Roger foi forçado a fazer a primeira mudança. Elber reclamou de dor na parte posterior da coxa e deu lugar para Artur. O camisa 7 recebeu aplausos da torcida.

Acuado no campo de defesa, o CRB tinha dificuldades em atacar o Bahia, mas, quando conseguiu chegar, quase abriu o placar. Na tabela com o lateral Júnior, o volante Lucas recebeu sozinho na área. Ele pegou mal na bola, mas tirou tinta da trave de Anderson. Antes do fim do primeiro tempo o Bahia voltou atacar com Ramires, que mandou chute cruzado para fora.

Alívio no fim

A segunda etapa começou com o panorama bem parecido ao primeiro. Um pouco mais solto, o CRB passou a sair mais para o jogo. Aos 14 minutos, o jogo foi paralisado para o atendimento ao atacante Zé Carlos. O jogador do CRB havia sido substituído um minuto antes após sofrer uma pancada na cabeça. Desorientado, ele precisou ser socorrido pela ambulância e foi encaminhado para um hospital.

Quando a bola voltou a rolar, Roger sacou o meia Ramires e colocou Fernandão em campo. Mas foi Ernando, em nova jogada de escanteio, que quase balançou as redes.  Aos 32 minutos, o Bahia teve a chance mais clara no duelo. Na cobrança de escanteio, Fernandão raspou de cabeça e Douglas Augusto, de frente para o gol, pegou de primeira. A bola explodiu no travessão.

A partir dos 35 minutos, o Bahia ficou em vantagem numérica quando o lateral Igor recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. A vantagem, no entanto durou pouco. Cinco minutos depois, Douglas Augusto disputou bola com Victor Rangel e, no chão, agrediu o jogador do CRB, levando o cartão vermelho direto, com justiça.

Correndo contra o tempo, o Bahia passou a errar bastante e deixou a torcida impaciente nas arquibancadas. Por conta das paralisações, o árbitro deu 10 minutos de acréscimos. Aos 50 minutos, Fernandão chegou a balançar as redes, mas o bandeira marcou impedimento. 

Quando tudo parecia caminhar para a decisão nos pênaltis, o tricolor conseguiu o suado gol, aos 53 minutos. O chute errado de Nino se transformou em passe para Gilberto. O camisa 9 mandou de cabeça para o meio da área, Fernandão, também de cabeça, ajeitou para Elton que mesmo marcado conseguiu a finalização fraca, mas o goleiro Edson aceitou o frango e viu o tricolor sair classificado da Fonte Nova.

Ficha técnica:

Bahia: Anderson, Nino, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Elton, Douglas Augusto e Ramires (Fernandão); Elber (Artur), Arthur Caíke (Shaylon) e GilbertoTécnico Roger Machado

CRB: Edson, Júnior, Guilherme Mattis, Edson e Igor; Claudinei, Lucas e Felipe Menezes (Guilherme Santos); Willian Barbio, Mailson (Ferrugem) e Zé Carlos (Victor Rangel) Técnico interino Jean Carlos

Estádio: Fonte Nova
Gols Elton, aos 53 minutos do 2º tempo
Cartão amarelo: Gilberto (Bahia); Igor, Zé Carlos, Felipe Menezes (CRB)
Cartão vermelho: Douglas Augusto; Igor
Público: 18.272 pagantes
Renda: R$ 258.017,50

Arbitragem: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão, auxiliado por Leone Carvalho Rocha e Cristhian Passos Sorence (Trio de Goiás)

(Correio24)
Divulque
Copa Nordeste

Claudio Jesus

Esporte nordeste mostra o futebol dos times nordestino atuando nas principais competições esportivas do Brasil

Deixe sua Opinião:

0 comentários: